terça-feira, 16 de junho de 2015

História | O símbolo do fascismo


No período entre guerras (1919-1939), ocorreu a ascensão dos partidos nazista, na Alemanha, e fascista, na Itália. Com a exploração da imagem da Segunda Guerra Mundial em diferentes mídias, o nazismo e seu símbolo, a suástica, tornaram-se uma das imagens mais reconhecidas no mundo ainda hoje. Mas o que podemos dizer sobre o símbolo fascista? Você o conhece?

Símbolo do fascismo

Em 1919, Benito Mussolini fundou o fasci italiani di combattimento, movimento organizado que em 1921 deu origem ao Partido Nacional Fascista. O fascismo, assim como o nazismo com a suástica, se apropriou de símbolos e os deu novos significados, como o fascio, um antigo símbolo do Império Romano. 

O termos fascismo vem de fascio que significa "feixe de varas" cuja representação constava numa machadinha envolvida por um feixe. Na Roma Antiga, o lictor - que era uma espécie de oficial de justiça - carregava um fascio nas mãos quando ia executar ordens judiciais.

No fascismo, o fascio significava a união e a força. O feixe de varas representava o povo italiano e a machadinha era uma alusão ao poder do "Duce" (líder), ou seja, Benito Mussolini. O uso desse símbolo pelos fascistas também mostra como o resgate de um "passado glorioso" estava na agenda do partido.

O símbolo ainda pode ser visto em alguns prédio na Itália, como na imagem da Estação Central de Milão, assim como no Palácio Tiradentes, sede da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, porém, apesar de provável relação com o fascismo, historiadores dizem que a cidade, assim como várias ao redor do mundo, tem muita influencia da arquitetura romana, o que explica a presença dos símbolos. 

Símbolo na escadaria da Alerj. A palavra "lex" significa "lei" em latim.


Símbolo na Estação Central de Milão
FONTES: História - Sociedade & Cidadania, 9º ano / Alfredo Boulos Júnior. - São Paulo: FTD, 2009. p. 90.

O símbolo fascista - Alunos Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário