quarta-feira, 20 de outubro de 2010

O Último Samurai

O filme O Último Samurai conta a história de um militar ocidental que se uniu aos guerreiros japoneses contra as forças imperiais. Mas no filme o militar trata-se do americano Nathan Algren, interpretado por Tom Cruise, enquanto que na realidade o oficial que lutou ao lado dos samurais foi o francês Jules Brunet, membro da missão militar que a França inviou ao oriente para treinar o exército do xogum.

De fato a história de Brunet não possui os mesmos apelos hollywoodianos do filme. O oficial francês não lutou de sabre, vestido como um samurai, e ainda contribuiu para o desaparecimento da casta dos samurais e participou como instrutor da ocidentalização do exército japonês.

Mas vamos ao contexto histórico do Japão. Quando Jules Brunet chega ao país, o Japão passava por mudanças drásticas, pois o império japonês estava isolado do mundo desde 1639 e acabara de ser obrigado a se abrir ao comércio internacional pelos Estados Unidos. Pacto esse firmado através do Tratado de Kanagawa, em 1854. O Japão atravessava uma onda de xenofobia com ataque aos estrangeiros.